Turismo Religioso em Braga: pontos de interesse

Está de passagem pela cidade de Braga? Saiba quais os pontos de interesse religiosos que não vai querer perder!

Igreja de Santa Cruz


Igreja de Santa Cruz
Igreja de Santa Cruz

Construída no séc. XVIII, no final do domínio Filipino, a Igreja de Santa Cruz é do estilo barroco maneirista. No interior, destaca-se a talha dourada, a nave muito alta formada por uma abóbada de pedra esquartelada, bem como o órgão e os púlpitos.

Igreja da Misericórdia


Igreja da Misericórdia
Igreja da Misericórdia
Igreja construída na segunda metade do séc. XVI, ao estilo renascença italiana. No interior, salienta-se a cobertura da nave, com trinta e cinco painéis de madeira pintada, e o retábulo de madeira dourada do altar-mor.

Igreja de S. Marcos


Igreja de São Marcos
Igreja de São Marcos
Créditos de Imagem


Construção do séc. XVIII de estilo barroco. Destaca-se a fachada composta por duas torres sineiras e as oito imagens dispostas ao longo da balustrada e que representam (em tamanho real) mártires e apóstolos, de autoria de Carlos Amarante.

Igreja de S. Vicente


Igreja de São Vicente
Igreja de São Vicente
Créditos de Imagem
Edificada no séc. XVI e restaurada no séc. XVII, no mesmo local onde existiu uma igreja visigótica (656).
A fachada, barroca, remata com a estátua de S. Vicente, em granito, dentro de um nicho encimado pela cruz pontifical.
No seu interior, destaca-se a talha e as paredes revestidas de cima a baixo por seis painéis de azulejos históricos sobre a vida do mártir S. Vicente.


Igreja de S. Victor


Igreja de São Victor
Igreja de São Victor
Créditos de Imagem

Igreja foi reconstruída no séc. XVII, no local onde existiu um Templo românico.
No interior destaca-se a talha e os azulejos com figurações de diversas cenas da vida do mestre catequista, morto no lugar da Galada. Esta igreja é considerada o monumento mais rico em azulejos da cidade de Braga.

Igreja dos Congregados


Igreja dos Congregados
Igreja dos Congregados
Créditos de Imagem


Igreja do estilo barroco que foi construída no séc. XVII. A sua fachada majestosa é franqueada por duas altas torres sineiras. O interior é constituído por uma única nave e abóbada de berço abatida.

Igreja do Pópulo


Igreja do Pópulo
Créditos de Imagem
Aí se encontra sepultado D. Frei Agostinho de Jesus, Arcebispo de Braga, que a mandou construir no séc. XVI.
Nos finais do séc. XVIII a fachada foi totalmente remodelada. No seu interior sóbrio, merecem principal destaque os azulejos historiados, azuis e brancos, bem como vários painéis existentes na capela-mor e sacristia.

Igreja do Carmo


Igreja do Carmo
Igreja do Carmo
Créditos de Imagem

Igreja conventual, séc. XVII, de grandes proporções. A fachada primitiva foi substituída posteriormente, porque os devotos a achavam simples demais para a grandiosidade do templo. Tem uma torre sineira muito alta, na continuação da empena central e no topo da qual se encontra a imagem de Nossa Senhora do Carmo.

Igreja de Santa Maria Madalena da Falperra



Igreja de Santa Maria Madalena da Falperra
Igreja de Santa Maria Madalena da Falperra
Créditos de Imagem
Templo do séc. XVIII, do qual interessa destacar o púlpito e a colecção de azulejos assinados por Policarpo O. Fernandes.

Capela de S. Frutuoso


Capela de São Frutuoso
Capela de São Frutuoso
Créditos de Imagem
Este é o único monumento pré-românico (séc. VII), no Minho.
O templo é composto por uma cornija assente em arcaduras e lombadas em granito. No interior, merece especial destaque o antigo cadeiral em madeira da Sé de Braga, para aí transferido em 1730, do mais puro estilo renascentista.

Capela Salvador ou do Convento do Salvador


Capela Salvador ou Convento do Salvador
Créditos de Imagem
A capela destaca-se pelo seu púlpito em talha dourada e policromada, do séc. XVIII. Actualmente, está integrada no Asilo Conde Agrolongo, que ocupa o edifício conventual.


Sexta-feira 13 em Montalegre

Hoje todos os caminhos vão dar hoje a Montalegre, capital do misticismo




A última "Sexta-feira 13" do ano promete ser o melhor presente para este Natal. Espera-se para esta noite um cenário deslumbrante, muita luz e cor.
Depois do sucesso registado no passado mês de Setembro, Montalegre volta a preparar uma nova romaria.

Ao palco irá subir o espetáculo "A Praga de Fogo", apoiado nas lendas orais de Montalegre, que revive a lenda de Mourilhe, na qual um mouro e uma cristã se apaixonam. A encenação dá especial relevância às viagens de Mourilhe para o Minho, onde Abed conhece Leonor, e a viagem de regresso a Mourilhe, onde enfrenta várias tentações. Ao longo do evento poderá ser observado, entre outros episódios, a lenda da travessia da ponte da Misarela, fazendo com que o espetáculo apresentado seja uma tour pelas várias lendas da terra.


Ninguém vai querer faltar!

Datas a celebrar em Dezembro



Datas a celebrar em Dezembro

01 de Dezembro: Dia da Restauração da Independência; Dia Mundial da SIDA
02 de Dezembro: Dia Mundial para a Abolição da Escravatura
03 de Dezembro: Dia Internacional do Indivíduo; Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
05 de Dezembro: Dia Mundial do Voluntário
07 de Dezembro: Dia Internacional da Aviação Civil; Dia Nacional do Deficiente
08 de Dezembro: Dia da Imaculada Conceição
10 de Dezembro: Dia da Declaração Universal dos Direitos do Homem
11 de Dezembro: Dia Internacional das Montanhas
24 de Dezembro: Dia Mundial do Perdão
25 de Dezembro: Dia de Natal

28 de Dezembro e 28 de Fevereiro: Abertura oficial de Saldos

29 de Dezembro: Dia Internacional da Diversidade Biológica


Datas e celebrar em Novembro



Datas e celebrar em Novembro


01 de Novembro: Dia de Todos os Santos; Dia de Luta contra o Cancro
11 de Novembro: Dia de São Martinho; Dia Internacional da Ciência e da Paz
14 de Novembro: Dia Mundial de Diabetes
15 de Novembro: Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa
16 de Novembro: Dia Internacional da Tolerância; Dia do Mar
17 de Novembro: Dia Mundial do Não Fumador
19 de Novembro: Dia Internacional do Homem
20 de Novembro: Dia dos Direitos Internacionais da Criança (UNICEF); Dia Mundial da Filosofia (UNESCO); Dia Internacional da Criança segundo a ONU
21 de Novembro: Dia Mundial da Televisão; Dia Internacional da Saudação
24 de Novembro: Dia Mundial da Ciência
25 de Novembro: Dia Mundial para a Eliminação da Violência contra as Mulheres
27 de Novembro: Dia Sem Compras

Receita da Semana: Cabidela de Porco

Cabidela de Porco


                                               “Hás-de ver a cabidela!...que paladar”.
                                               Eça de Queirós, A Cidade e as Serras


Cabidela de Porco
Cabidela de Porco
Créditos de Imagem

 Ingredientes:

1 kg de fressura de porco
1 chouriço de sangue
1 tira de toucinho (salmoura)
pão duro
2 cebolas
1 ramo de salsa
1 folha de louro
sal, azeite, pimenta e cominhos q.b.


Preparação

Faça um estrugido com a cebola e o azeite. Tempere com sal e pimenta. Adicione a salsa e louro sem o veio. Ponha a fressura, partida em bocados muito pequenos, e leve-os a refogar com o chouriço e o toucinho. Quando tudo estiver cozido, retire o chouriço e o toucinho (usados, apenas para apaladar) e adicione o pão. Deixe ferver até obter a consistência desejada. Rectifique os temperos e junte os cominhos.

Viana do Castelo: uma visão fantástica da cidade!

Viana do Castelo é uma cidade saudável, tranquila e repleta de emoções...


Numa produção feita em cerca de 4 meses, este trabalho da HD Mediascapes pretende mostrar outra perspectiva a cidade Viana do Castelo

Acabado de lançar, este vídeo em time-lapse, reúne algumas das mais emblemáticas imagens mais desta cidade.